Valoriza na primeira, porque às vezes a segunda nem chega

Valoriza na primeira, porque às vezes a segunda nem chega

Você meio que foi chegando e o que era pra ser apenas um momento, ou talvez um passa tempo, acabou se tornando o passa tempo que eu sempre sonhei pra mim.

Seguro demais, juro que não tive conhecimento da palavra cautela.

Você sempre valorizando nosso momento e eu te desgastando por conta dos meus problemas do passado.

Minha frieza por necessidade, mesmo recebendo um calor fora do comum, esse autocontrole, esse alerta que sempre carrego comigo prejudicou todo e qualquer tipo de progresso nesse relacionamento.

Hoje tudo me soa indiferente, nada é igual a essa sua maneira de amar, nada posso comparar, pois quando é diferente a gente sente e sabemos que realmente sentimos quando é algo que merece ficar, sentimento que palavras certamente não descrevem.

Sei o quanto o meu descaso pesou nesse relacionamento e o sentimento de arrependimento certamente não vai mudar o cenário.

A gente escuta muito por aí “cuide bem do seu amor” e às vezes até damos este conselho.

Mas confesso que nem sempre temos a mesma intenção da outra pessoa quando se trata de um romance, às vezes é coisa de momento onde você já estipula um certo limite onde um segundo passo não existe, mas se tratando de amor tudo é imprevisível.

Costumo dizer que a vida gosta de nos pregar peças e deixo um conselho;

valoriza na primeira, porque às vezes a segunda nem chega.

Hoje o sentimento da lembrança me consola, mas não me acalma, às vezes o preço que pagamos é alto demais.

Oportunidades sempre passam num piscar de olhos, nos deixando opções que nunca sabemos quais delas vai de fato nos trazer a felicidade.

Você me esquecendo e eu apenas querendo voltar no tempo, ter você aqui e não te soltar jamais, não te dar motivos, não te deixar ir.

Momentos, fases e várias etapas.

Hoje compreendo bem que a saudade é a única coisa que o vento definitivamente não leva.

Leia também:

>>> Talvez de tanto dar errado, dê certo

>>> Meu bem, não se mendigue amor

>>> Como vai a vida de solteiro?

Compartilhe e comente abaixo!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram